Notícias

Kim Kardashian foi alvo de protestos por usar pele animal

Em Agosto desse ano a agência de notícias Anda republicou via o Jornal Inglês Daily Mirror o momento em que Kim Kardashian e sua irmã Kendall Jenner estavam saindo de uma loja quando um ativista da causa animal começou a chamá-la de “ladra de peles” na porta do estabelecimento.

O local estava repleto de fãs e repórteres.


Apesar da socialite dos Estados Unidos receber críticas frequentes por utilizar peles de animais em suas roupas, ela e suas irmãs se negam a parar de utilizar o fruto de uma indústria exploratória.

Kim Kardashian se nega a parar de usar peles de animais, apesar das críticas (Foto: Reprodução / Pinterest)

 

Leia também: Representante do Greenpeace apoia industria de peles de foca

Em 2012, manifestantes jogaram farinha em Kim enquanto ela dava uma entrevista durante um evento em Hollywood.

Kim Kardashian suja de farinha no tapete vermelho
Ativista jogou farinha em Kim Kardashian no tapete vermelho (Foto: Reprodução / Chic)

Já no ano passado, a cantora Alesha Dixon, ao ver uma foto de Kendall usando um casaco de pele, desaprovou a atitude da socialite. “Esta foto realmente me entristece! Estamos em 2016 e as pessoas continuam vestindo peles de forma totalmente ignorante.”

Alesha, que além de cantora, também é juíza do programa de televisão “Britain’s Got Talent, defende o fim da indústria de peles de animais e critica a família de Kim por financiar este mercado. “As Kardashians têm muitos fãs e poderiam servir de exemplo para uma grande mudança de comportamento”, afirmou.

Veja a seguir o vídeo que o jornal inglês Daily Mirror publicou em Agosto desse ano quando o ativista criticou a modelo ao sair de uma loja:

Via: Anda.jor.br

Será que em algum momento a Kim com seus milhões de fãs irá parar de dar esse péssimo exemplo? O que você acha? Comente



Compartilhe com seus amigos