Dicas de Saúde Life Style

Para ser vegetariano é preciso ter boa situação financeira?

A consciência tomada por alguns em tornar-se vegetariano, desperta em outros, questões que são levadas como abordagens nem sempre relevantes, ou com alguma experiência própria. Nota-se que vegetarianismo não é novo, mas o espectro que o toma nos tempos atuais é.

Isso quer dizer que na mesma medida que países como o Brasil que hoje possui mais cabeças de gado (2018 milhões – 2016) do que habitantes (208 milhões – 2018), há na outra ponta o mercado vegano que cresceu mais de 1000% entre 2012 e 2016, portanto, é um assunto bastante relevante para a sociedade.

Foto Reprodução Internet

A base cultural alimentar do país é proveniente de abate de animais, mas com pessoas adquirindo novas experiências e mudando seu padrão alimentar, suscita debates a respeito do comportamento e do consumo de novos produtos.

Mídias sociais são o expoente desse novo espectro do vegetarianismo, assim como pessoas comumente mostram seu cotidiano, sua opinião, sua vida como um todo, novos hábitos vão se formando, bem como muitas dúvidas acerca desse novo momento.

Contudo, há a difusão que o vegetarianismo é elitizado, mas será que é preciso ter boa situação financeira para ser vegetariano, ou até mesmo expandir os costumes ao veganismo?

Primeiro é importante esclarecer de maneira simples que vegetarianos são pessoas que não se alimentam com nada de origem animal, isso exclui ovos e leite, e veganos estendem esse padrão para vestimentas e cosméticos.

Em supermercados, os produtos fabricados sem insumos de origem animal tendem a ser mais caros, porque neste caso, muda-se também o comportamento, a tecnologia, estudos, além de uma procura menor. Quanto maior a demanda aliada a uma concorrência saudável, melhor serão os valores. É um fator que depende de procura.

Hoje, os adeptos ao vegetarianismo podem usufruir de um bom percentual quanto a estes valores nas grandes metrópoles onde já existem locais a baixos preços. Em São Paulo há restaurantes vegetarianos espalhados por toda a cidade, alguns com valores onde come-se por 10 reais.

Mas esta não é uma realidade para todo o país onde muitas cidades, até mesmo por uma questão cultural, ainda não se adaptaram em oferecer alimentos estritamente vegetarianos. Com esta situação, cabe mais um questionamento, será que precisamos consumir apenas produtos industrializados?

A resposta para esta pergunta é o grande cerne do titulo deste post. Não, não precisamos consumir somente produtos industrializados, seja por uma questão de saúde, ou por uma questão financeira. Vegetais frescos são realmente muito mais baratos e muito mais saudável. Alimento processado ou hiperprocessado perde a maioria de seus nutrientes.

Foto Reprodução Pinterest

As feiras livres ou sacolões estão espalhadas por todo o território nacional oferecendo vegetais frescos a preços possíveis aos cidadãos. E não há a necessidade de entrar no assunto orgânicos x agrotóxicos, porque já sabemos que esta é outra construção cultural que também precisa se estabelecer, e que aos poucos tem ganhado força no mercado.

É preciso esclarecer que ser vegetariano não aumenta o custo de vida, porque pela lógica, todos os seres humanos precisam de vegetais em sua dieta, e retirar a carne não faz com que haja gasto extra com outros tipos de alimentos, a não ser que seja pela vontade do indivíduo.

No dia a dia, os vegetarianos que precisam se alimentar em restaurantes pode não ter as opções que gostariam, ou uma grande variedade de itens, mas o vegetarianismo preconiza a alimentação a base de vegetais, e raramente faltam nos estabelecimentos.

Muitas vezes é mais importante a força de vontade advinda da empatia e ética perante aos animais e informações sobre os grupos da piramide alimentar vegetariana como as quantidades de grãos, leguminosas, oleaginosas, cereais, frutas, verduras e legumes, do que com o valor gasto para este estilo de vida mais compassivo e saudável.

Lista de restaurantes em São Paulo
Lista de restaurantes no Rio de Janeiro

Como é pra você? Comente 😉

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *