Notícias

Aplicativos ajudam quem é vegetariano ou vegano

Cada vez mais comum no país e no mundo, a dieta vegetariana se difere da onívora por não incluir alimentos derivados de animais. Os últimos dados do IBGE sobre a população vegetariana no Brasil, de 2012, mostram que a porcentagem de homens e de mulheres nessa situação é a mesma: 8%. O índice se altera conforme a idade, aumentando entre as pessoas de 65 a 75 anos. Nesse grupo, o percentual chega a 10%. Já entre os jovens de 20 a 24 anos, o percentual é ligeiramente menor (7%), assim como entre homens e mulheres de 35 a 44 anos.

A cidade onde encontramos mais vegetarianos é Fortaleza, no Ceará, onde cerca de 14% da população afirmou não comer carne, maior percentual entres as capitais e regiões metropolitanas pesquisadas. Em seguida, vem Curitiba, no Paraná, com 11% de seus moradores adeptos do vegetarianismo. Já Brasília, Recife e Rio de Janeiro têm 10% da população vegetariana. Em Belo Horizonte, o percentual é de 9%.

A nutricionista Shila Minari lembra que o termo vegetariano, por si só, designa o indivíduo que não consome carne, mas existem variações na dieta. “A gente pode ter o vegetariano estrito, que não come nada, nem derivados, o ovo-lacto-vegetariano, que ainda consome ovos e laticínios e a gente tem os veganos, que não consomem nenhum tipo de alimento ou aditivo de origem animal. Os veganos também não consomem produtos como roupas, acessórios, cosméticos, feitos com substâncias de origem animal ou testados em animais”, esclarece a especialista.

Sobre os aspectos nutricionais da dieta vegetariana, a nutricionista afirma que os adeptos desse estilo de vida podem, sim, ter uma alimentação balanceada e saudável. “Do mesmo jeito que uma pessoa que come carne pode fazer escolhas alimentares erradas e ter problemas, pessoas vegetarianas também podem ter problemas”, comenta Shila Minari. A especialista aconselha a inclusão de leguminosas e fontes de proteína não animal na alimentação, inclusive suplementos quando necessário. “Quem come carne acha que, de uma forma geral, está suprindo todas as necessidades comendo carne e quem é vegetariano se preocupa mais em tentar incluir vegetais na alimentação e só isso já deixa a alimentação mais saudável e equilibrada”, completa.

A nutricionista explica que suplementos de vitamina B12 muitas vezes são necessários para os vegetarianos. Esta é a única vitamina que não se consegue suprir com esse tipo de alimentação. Para ter uma dieta balanceada e não compensar a falta de proteína animal com outros alimentos pobres em nutrientes, Shila aconselha acompanhamento profissional: “É importante que quem vá começar uma dieta vegetariana faça acompanhamento nutricional”.

Se você é vegetariano ou vegano ou se interessou em experimentar esses estilos de vida, há aplicativos que podem ajudar com receitas ou indicações de locais para comer fora de casa:

Guia Restaurantes Vegetarianos

O aplicativo mostra mais de 230 opções de restaurantes em todo país e está disponível para iOS e Android.

HappyCow

Um dos mais conhecidos entre os adeptos do vegetarianismo é o app HappyCow (iOS e Android). Além de oferecer opções de restaurantes veganos e vegetarianos, indica lojas que vendem produtos especializados. O app é em inglês, mas tem locais de todo o mundo cadastrados.

Be Veg

Este é mais um app que indica opções de lanchonetes e restaurantes vegetarianos e veganos em diversos locais do país, com versões para iOS e Android.

21 Vegan Kickstart

Este é para quem está querendo se tornar vegano ou vegetariano e não sabe por onde começar. Ele propõe refeições veganas completas (café da manhã, almoço, lanche e jantar) para 21 dias. Apenas para iOS.

I’m hungry

O app (para Android e iOS) reúne receitas de comidas vegetarianas, entre mediterrâneas, indianas, americanas, chinesas e japonesas. Ele é ótimo para quem está começando na cozinha vegetariana e não sabe como variar o cardápio.

Cruelty Free

Este aplicativo é voltado para o público vegano, em especial. O app (disponível para iOS e Android) mostra todas as empresas e produtos que fazem testes em animais antes de ficarem prontos.

Espinapp

No Espinapp (apenas para Android), você encontra mais de 100 receitas com ingredientes, passo-a-passo e fotos.

 

Fonte: revistaencontro.com.br

 

O que você achou? Deixe seu comentário 🙂

Compartilhe com seus amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *