Life Style Notícias

5 atletas vegetarianos que são literalmente de cair o queixo

Existem vários mitos sobre os veganos e vegetarianos. Um exemplo clássico é a crença de que a pessoa quando para de comer carne fica fraquinha, pálida e sem resistência. Quase um coitadinho. Bom, os mitos estão aí para serem quebrados. E esse é mais um que acaba de entrar para a lista dos desvendados.

Confira atletas de alta (imensa) performance que adotam uma dieta vegetariana. Para começar, listamos cinco personalidades que usam a força de uma maneira peculiar e são destaques absolutos em suas carreiras.


A força pela força: Patrik Baboumian

patrik_baboumian_vegano

Vamos começar nossa lista com um peso pesado. Patrik Baboumian detém o título de homem mais forte da Alemanha desde 2011. Dois anos depois, ele quebrou um recorde mundial ao carregar 550kg por uma distância de 10 metros. O grandalhão define sua força bem assim: “Os animais mais fortes do planeta são comedores de plantas. Gorilas, búfalos, elefantes e eu”

Duvida? Aqui está o vídeo para comprovar:

 

A força pela consciência: Frank Medrano

frank_medrano_vegano

Se você é daqueles que gostaria de ser forte mas não é nem um pouco chegado em academia, anote esse nome: Frank Medrano. Ele é fisiculturista, vegano e um dos maiores especialistas em Calistenia, uma técnica em que o atleta usa apenas o peso do próprio corpo para aumentar sua força e flexibilidade. É impossível descrever em palavras o que esse cara faz, parece que a gravidade nem existe, por isso deixamos o vídeo pra você ver e tirar suas próprias conclusões.

 

A força pela inteligência: Família Gracie

familia_gracie_vegetariana

A história da família Gracie é parte da história das artes marciais no Brasil e no Mundo. Para você entender o tamanho de sua importância, vamos falar um pouquinho de cada um dos seus principais membros. Carlos e Hélio Grace, os patriarcas da família, são considerados os pais do Jiu-Jitsu no Brasil. Hélio foi quem inseriu o vegetarianismo na família, parando de comer carne aos 27 anos. Seu irmão Carlos começou a organizar eventos onde desafiava lutadores de outras artes marciais já nos anos 20 (o que depois ficaria conhecido como vale-tudo). Rorion Grace é o criador do UFC. Já Royce Grace foi o primeiro campeão, vencendo o torneio também outras duas vezes (no seu primeiro título, lutou TRÊS vezes na mesma noite). Haja páginas pra contar essa história.

Olha o tamanho da criança que Royce Gracie enfrentou, e saiu bem:





 

A força pela experiência: Jim Morris

jim_morris_vegano

Parece impossível de acreditar que esta foto é de um sujeito com seus 70 e poucos anos. Mas trata-se da mais pura verdade. Sabe qual a fórmula disso tudo? Segundo ele mesmo, o veganismo. Jim Morris tem 78 anos, é vegetariano desde os 50 e vegano desde os 65. Ex-campeão de fisiculturismo, ele estrelou a campanha do PETA no ano passado.

 

A força pela superação: Mike Tyson

mike_tyson_vegano

Mike Tyson foi um dos maiores boxeadores de todos os tempos. Mas ele também ganhou destaque pelas inúmeras polêmicas em sua vida pessoal. Ele já foi preso, foi pego com vestígios de drogas no sangue após uma luta e até já arrancou um pedaço da orelha do Holyfield. Acontece que depois de aposentado Tyson virou Vegano, o que segundo ele mesmo significou uma grande mudança em sua vida, diminuindo seu peso e melhorando sua saúde. Olha o que ele falou:

“Eu perdi peso, me livrei de mais de cem quilos. Eu queria mudar a minha vida, fazer algo diferente. E então eu me tornei um vegetariano. Isso me deu outra oportunidade de viver uma vida saudável. Eu era apenas uma roda dura, congestionado com todas as drogas e a cocaína. Eu não podia respirar, tinha pressão alta, artrite, estava quase morrendo. Depois que me tornei um vegetariano, tudo isso melhorou.”

Pra quem gosta dos tempos de “ouro” do boxe, vai ai um video dos nocautes da féra antigamente:

via: sou vegetariano

 

O que achou?  Vai encarar? rs Comente 😉



Compartilhe com seus amigos

One Reply to “5 atletas vegetarianos que são literalmente de cair o queixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *